14:32. Pneumático digital de dados de LATA

A troca de dados em PODE cansar-se

B — o sensor 1
PODE — o Pneumático de dados
M — os elementos I-III Executivos (servomecanismo)
N — Unidades de controle (controladores) o I-V

Dados principais

No carro vários pneumáticos de rede da troca de dados da LATA (Rede de área de Controlador) entre blocos (módulos) de gestão de vários sistemas e controladores de mecanismos de acionamento do carro usam-se.

As unidades de controle separadas unem-se um com outro na rede geral e podem trocar dados.

O pneumático é bidirecional, isto é qualquer dispositivo unido a ele pode aceitar e transferir mensagens.

O sinal de um elemento sensível (sensor) vem à seguinte unidade de controle que o processa e transfere para o pneumático de dados da LATA.

Qualquer unidade de controle unida ao pneumático de dados da LATA pode ler em voz alta este sinal, calcular o valor do diretor-gerente da influência na sua base e fazer funcionar um servomecanismo executivo.

Vantagens

Na conexão de cabo habitual da conexão direta de dispositivos elétrica e eletrônica de cada unidade de controle com todos os sensores e elementos executivos dos quais recebe resultados de medições ou que funciona executa-se.

A complicação de um sistema de controle leva ao comprimento excessivo ou o grande número de linhas de cabo.

Em comparação com o fio padrão que distribui o pneumático de dados provê:

· Redução de quantidade de fios. Os arames de sensores só conseguem a seguinte unidade de controle que transformará os valores medidos a um pacote de dados e o transfere para PODE cansar-se.
· Qualquer unidade de controle que no pneumático da LATA recebe o pacote correspondente de dados pode fazer funcionar o mecanismo executivo, e na sua base conta o valor do impacto operacional em um servomecanismo.
· Melhora de compatibilidade eletromagnética.
· Redução de número de conexões shtekerny e redução de quantidade de conclusões de contato em unidades de controle.
· Redução de peso.
· A redução do número de sensores desde que os sinais de um sensor (por exemplo, do sensor da temperatura de esfriar o líquido) podem usar-se por vários sistemas.
· A melhora de oportunidades de diagnosticar. Desde que os sinais de um sensor (por exemplo, um sinal de velocidade) usam-se por vários sistemas, em caso de que a mensagem no mau funcionamento se dá por todos os sistemas usando este sinal, o sensor ou a unidade de controle que processa os seus sinais são defeituosos, por via de regra. Se a mensagem no mau funcionamento só chegar de um sistema embora este sinal também se use por outros sistemas, então a causa do defeito, muitas vezes, conclui-se na unidade de controle de processamento ou um servomecanismo.
· A alta velocidade da transmissão de dados – é possível a 1mbit/with com o comprimento máximo da linha de 40 m. Agora no carro de Mercedes-Benz a velocidade da transmissão de dados faz de 83 Kbps a 500 Kbps.
· Várias mensagens podem transferir-se em série na mesma linha.
O pneumático de dados da LATA compõe-se do arame forte realizado na forma do par torcido. Todos os dispositivos (as unidades de controle dos dispositivos) unem-se a esta linha.

A transmissão de dados executa-se com a duplicação em ambos os arames, e os níveis lógicos do pneumático de dados têm a exposição de espelho (é se em um arame o nível do zero (0) lógico se transferir, então em outro arame o nível da unidade lógica (1) e vice-versa transfere-se).

O esquema de dois arames da transferência usa-se por duas razões: para identificação de erros e como base de confiança.

Se o pico da tensão só surgir em um arame (por exemplo, devido a problemas sobre o EMS (compatibilidade eletromagnética)), então os receptores de blocos podem identificá-lo como um erro e ignorar este pico da tensão.

Se houver um circuito curto ou o intervalo de um de dois arames do pneumático de dados da LATA, então graças ao sistema de software do hardware integrado da confiança haverá uma comutação por um modo operacional segundo o esquema único de arame. A linha de transferência danificada não se usará.

A ordem e o formato das mensagens transferidas e aceitas por usuários (assinantes) definem-se no protocolo da troca de dados.
O sinal distintivo essencial do pneumático de dados da LATA em comparação com outros sistemas de pneumático que são baseados no princípio do assinante que se dirige é o endereçamento correlacionado à mensagem.

Significa que se apropriam do seu endereço permanente (identificador) os conteúdos de marcação desta mensagem a cada mensagem no pneumático de dados da LATA (por exemplo: temperatura de esfriar o líquido). O protocolo do pneumático de dados da LATA permite a transferência até 2048 várias mensagens, e os endereços desde 2033 para 2048 fixam-se constantemente.

O volume de dados em uma mensagem no pneumático de dados da LATA faz 8 bytes.

O receptor de bloco processa só aquelas mensagens (os pacotes dos dados) que se guardam na sua lista dos dados da LATA de mensagens (controle da aceitabilidade) aceitos no pneumático.

Os pacotes de dados podem transferir-se só se o pneumático de dados da LATA for livre (isto é se depois do pacote último de dados o intervalo de 3 bits seguidos, e alguma de unidades de controle não começar a transferir a mensagem).

Ao mesmo tempo o nível lógico do pneumático de dados tem de ser recessivo (lógico "1").

Se várias unidades de controle ao mesmo tempo começarem a transferir mensagens, então o princípio da prioridade segundo a qual a mensagem no pneumático de dados da LATA com a prioridade máxima se transferirá para o primeiro sem perda de tempo ou bits (arbitragem de interrogações do acesso ao pneumático geral de dados) entra em vigor.

Cada unidade de controle que perde o direito da arbitragem automaticamente liga à recepção e repete a tentativa de enviar a mensagem logo que o pneumático de dados da LATA novamente se lance.

Exceto pacotes de dados também há um pacote do pedido de certa mensagem no pneumático de dados da LATA.

Neste caso a unidade de controle que pode fornecer um pacote necessário de dados reage a esta interrogação.

Formato de um pacote de dados

No modo habitual de pacotes de transferência de dados têm as seguintes configurações de blocos (armações):

• Armação de dados (uma armação de mensagem) para transmissão de mensagens no pneumático de dados de LATA (p. ex.: temperatura de esfriar o líquido).
• Armação remota (uma armação de interrogação) para pedido de mensagens no pneumático de dados de LATA de outra unidade de controle.
• Armação incorreta (uma armação de erro) todas as unidades de controle ligadas notificam-se que houve um erro e a mensagem última no pneumático de dados da LATA é inválida.

O protocolo do pneumático de dados da LATA apoia dois vários formatos de armações da mensagem no pneumático de dados da LATA que só dissentem no comprimento de identificador:

- formato padrão;
- formato estendido.

Agora DaimlerChrysler usa só um formato padrão.

 

O pacote de dados da transmissão de mensagens no pneumático de dados da LATA compõe-se de sete campos consecutivos:
• Partida de Armação (começando bit): Marca o começo da mensagem e sincroniza todos os módulos.
• Campo de arbitragem (identificador e interrogação): Este campo compõe-se do identificador (endereço) em 11 bits e 1 controle mordeu (Transmissão Remota do bit de pedido). Este controle mordeu marca um pacote como Armação de Dados (uma armação de mensagem) ou como Armação Remota (uma armação de interrogação) sem os bytes dos dados.
• Controle o Campo (os bits operacionais): O campo de gestão (6 bits) contém bastões IDE (a Extensão de Identificador Mordeu) para o reconhecimento de um formato padrão e estendido, reserve o bit das expansões subsequentes e - em 4 bits últimos - o número de bytes dos dados instalou no Campo de Dados (campo de dados).
• Campo de dados (isto): O campo de dados pode conter de 0 a 8 bytes de dados. A mensagem no pneumático de dados da LATA de 0 bytes de longitude usa-se para a sincronização dos processos distribuídos.
• O Campo de CRC (controlam o campo): o Campo de verificação de redundância cíclica contém 16 bits e serve para o reconhecimento de controle de erros por transferência.
• Campo de ACK (confirmação de recepção): o Campo de Reconhecimento contém um sinal da confirmação da recepção de todos os receptores de blocos que receberam a mensagem em PODE cansar-se sem erros.
• Fim de Armação (fim de uma armação): Marca o fim de um pacote de dados.
• Intermissão (intervalo): Intervalo entre dois pacotes de dados. O intervalo tem de fazer não menos de 3 bits. Depois que aquela qualquer unidade de controle pode transferir o seguinte pacote de dados.
• OCIOSO (descansam o modo): Se alguma unidade de controle não transferir mensagens, então o pneumático da LATA permanece no modo de resto antes da transferência do seguinte pacote de dados.

Prioridades

Já que os dados que processam a possibilidade da sua transferência de bystry têm de fornecer-se em tempo real.

Assume não só a existência da linha com uma alta velocidade física da transmissão de dados, mas também também exige o acesso a fornecimento rápido ao pneumático geral da LATA se várias unidades de controle tiverem de transferir mensagens ao mesmo tempo.

Para fins da diferenciação dos dados da LATA de mensagens no grau de urgência transferido no pneumático, para mensagens separadas várias prioridades fornecem-se.

A ignição esquina avançada, por exemplo, tem a prioridade mais alta, os valores do pró-deslizamento - média e temperatura de ar externo - a prioridade mais baixa.

A prioridade com a qual a mensagem se transfere em PODE cansar-se, define-se pelo identificador (o endereço) da mensagem correspondente.
O identificador que corresponde a mais pequeno número binário tem a prioridade mais alta e vice-versa.

O protocolo do pneumático de dados da LATA é baseado em dois estados lógicos: os Bits são ou "recessivos" (lógico "1"), ou "prepotente" (lógico "0"). Se o bit prepotente se transferir por pelo menos um módulo, então os bits recessivos transferidos por outros módulos reescrevem-se.

Exemplo

Se várias unidades de controle ao mesmo tempo começarem a transmissão de dados, então o conflito do acesso ao pneumático geral de dados resolve-se "por meio da arbitragem de bit-por-de-bit de interrogações do recurso geral" por meio dos identificadores correspondentes.

Por transferência do campo do identificador o transmissor de bloco depois de cada bit verifica se ainda tem direitos à transferência, ou já outras transferências de unidade de controle no pneumático de dados da LATA a mensagem com a prioridade mais alta.

Se o bit recessivo transferido pelo primeiro transmissor de bloco se reescrever pelo bit prepotente de outro transmissor de bloco, então o primeiro transmissor de bloco perde o direito à transferência (arbitragem) e torna-se o receptor de bloco.

A primeira unidade de controle (N I) perde a arbitragem do 3o bit.

A terceira unidade de controle (N III) perde a arbitragem do 7o bit.

A segunda unidade de controle (N II) mantém-se direita do acesso ao pneumático de dados da LATA e pode transferir a mensagem.

Outras unidades de controle tentarão transferir as mensagens no pneumático de dados da LATA só depois de novamente lançar-se. Ao mesmo tempo o direito à transferência vai se conceder segundo a prioridade da mensagem no pneumático de dados da LATA novamente.

Reconhecimento de erros

Os estorvos podem levar a erros na transmissão de dados. Tal, surgindo por transferência, os erros devem distinguir-se e eliminar-se.
O protocolo do pneumático de dados da LATA distingue dois níveis do reconhecimento de erros:

· mecanismos ao nível de Armação de Dados (uma armação de mensagem);
· mecanismos ao nível de bits.

Mecanismos ao nível de Armação de Dados

Verificação de redundância cíclica


COM BASE NA LATA da mensagem transferida no pneumático de dados as contas de transmissor de bloco controlam bits que se transferem em conjunto com um pacote de dados no campo "do Campo de CRC" (somas de controle). O receptor de bloco de novo calcula estes bits de controle com base na LATA da mensagem aceita no pneumático de dados e compara-os com os bits de controle recebidos em conjunto com esta mensagem.

Cheque de armação

Este mecanismo verifica a estrutura do bloco transferido (armação), que é campos de bit com o jogo o formato fixado e o comprimento de armação reverificam-se.

Os erros distinguidos pela função de Cheque de Armação marcam-se como erros de formato.

Mecanismos ao nível de bits

Monitorização


Cada módulo por transferência da mensagem traça o nível lógico do pneumático de dados da LATA e define ao mesmo tempo distinções entre o bit transferido e aceito. Graças a ele o reconhecimento fiável do global e surgir no transmissor de bloco erros locais em bits fornece-se.

Recheamento de bit

Em cada pacote de dados entre a "Partida de campanha da Armação" e o fim do "Campo de CRC de campanha" tem de haver não mais do que 5 depois um após o outro de bits com a polaridade idêntica.

Depois de cada sequência de 5 bits idênticos o transmissor de bloco acrescenta a uma corrente de bits um bit com a polaridade oposta.

Os receptores de blocos eliminam estes bits depois da recepção da mensagem no pneumático de dados da LATA.

Eliminação de erros

Se algum módulo do pneumático de dados da LATA distinguir um erro, então interrompe o processo atual da transmissão de dados, enviando a mensagem de erro. A mensagem de erro compõe-se de 6 bits prepotentes.

Graças à mensagem de erro todos PODEM as unidades de controle unidas ao pneumático de dados notificam-se sobre o erro local surgido e respectivamente ignoram a mensagem transferida antes.

Depois de uma pausa curta todas as unidades de controle serão capazes de transferir mensagens no pneumático de dados da LATA novamente, e o primeiro enviará a mensagem com a prioridade máxima novamente.

A unidade de controle, cuja mensagem no pneumático de dados da LATA se causou pela emergência de um erro, também começa a transferência repetida da mensagem (Função de Pedido Repetida automática).

Tipos de pneumáticos de LATA

Vários pneumáticos da LATA acostumam-se aos campos diferentes da gestão. Diferenciam-se um de outro na velocidade de transmissão de dados.

A velocidade de transferência no pneumático de dados da LATA do "motor e engrenagem corrente" área (PODE - C) faz 125 Kbps, e o pneumático do dado PODE "o Salão" (PODE - B) devido ao mais pequeno número de mensagens especialmente urgentes calcula-se segundo a velocidade de transmissão de dados só de 83 Kbps.
A troca de dados entre dois sistemas de pneumático executa-se por assim chamadas "fechaduras de portão", isto é unidades de controle unidas a ambos os pneumáticos de dados.

O pneumático ótico pela fibra de D2B (Daten-ônibus Digital) de dados acostuma-se à área de Áudio/comunicação/navegação. O volume maior da informação, do que o pneumático com um fio de cobre pode transferir significativamente um fio ótico pela fibra.

PODE C - o pneumático "Motor e Engrenagem Corrente"

O assim chamado resistor de coordenação do pneumático de dados com a resistência de 120 Ohms unidos entre ambos os arames do pneumático de dados instala-se na unidade de controle terminal de cada partido.

O pneumático de dados da LATA de um compartimento de motivo só ativa-se na ignição incluída.

7 unidades de controle unem-se ao pneumático PODE - C.

PODE B - o pneumático "Salão"

Algumas unidades de controle unidas ao pneumático de dados do salão de LATA ativam-se independente da inclusão da ignição (por exemplo: sistema da fechadura uniforme).

Por isso, o pneumático de dados do salão de LATA tem de estar no modo da prontidão funcional até na ignição desligada, significa que a possibilidade da transferência de pacotes de dados tem de fornecer-se até na ignição desligada.

Para fins da redução maior possível na corrente de resto consumida, o pneumático de dados da LATA, a ausência de pacotes de dados, necessários para a transferência, passa no modo da expectativa passiva e ativa-se novamente só no seguinte acesso a ele.

Se alguma unidade de controle (por exemplo, a unidade de controle da fechadura uniforme) transferirem a mensagem no pneumático de dados da LATA no modo da expectativa passiva do pneumático de dados do salão de LATA, então aceita-se por só o módulo de sistema principal (a fechadura eletrônica da ignição, EZS). O bloco de EZS guarda esta mensagem na memória e envia um sinal da ativação (Acordamento) a todas as unidades de controle unidas ao pneumático de dados do salão de LATA.

No momento da ativação, EZS verifica que a presença de todos os usuários do pneumático de dados da LATA então transfere a mensagem guardada antes na memória.

20 unidades de controle unem-se ao pneumático PODE - B.

Os elementos da rede da troca de dados (PODEM)

 


PODE o B (salão)

K1

O bloco avançado de registro e gestão com uma caixa de fechaduras de segurança e o revezamento (SAM/SRB-V)

K2

O bloco traseiro de registro e gestão com uma caixa de fechaduras de segurança e o revezamento (SAM/SRB-H)

K3

Unidade de controle do assento esquerdo (SSG)

K4

Unidade de controle do assento direito (SSG)

K5

Unidade de controle de uma porta esquerda avançada (TSG)

K6

Unidade de controle de uma porta direita avançada (TSG)

K7

A unidade de controle de umas costas deixou a porta (TSG)

K8

Unidade de controle de uma porta de direito traseira (TSG)

K9

Unidade de controle de um telhado (DBE)

K10

Campo superior de gestão (OBF)

K11

Abaixe o campo da gestão (UBF)

K12

Comutador inicial eletrônico de ignição (EZS)

K13

Painel de controle (KI)

K14

ORDEM/ÁUDIO 10/áudio 30/áudio 30 sistema APS

K15

Parktronic (QUARTILHOS) sistema

K16

Dispositivo do dispositivo de união do trailer (AAG)

K17

O bloco de gestão de uso múltiplo de modelos especiais (SENHORAS)

K18

Estacionamento de aquecimento

K19

Aquecedor (KKLA/BKLA – SA)

K20

A LATA - B RBA distribuidor é direita

K21

A LATA - B RBA distribuidor deixa-se

K22

PODE - B distribuidor de Cabina

K23

Almofadas de segurança com o sistema construído de uma chamada ARMINCA

PODE C (Passeio e engrenagem corrente)

K12

Comutador de ignição (EZS)

K13

Painel de controle (KI)

K24

Controle eletrônico da transmissão (EGS ou QUILOGRAMAS)

K25

Unidade de controle do motor (MENSAGEM)

K26

Bloco eletrônico do selecionador de transferências (EMW)

K27

O RBA Klass-S PODE distribuidor deixar-se

K28

Sistema antiestranho eletrônico (ESP)

Não incluído em rede SG

K29

Ajuste automático de variedade de luz (ALWR)

K30

Afinador de TV


Os elementos uniram-se ao pneumático ótico pela fibra de D2B

 


D2B (Áudio/comunicação/navegação)

Fio ótico pela fibra

K14

ORDEM/ÁUDIO 10/áudio 30/áudio 30 APS

K31

Sistema telefônico (MINNA, chamada de emergência)

K32

Dispositivo de controle ativado pela voz Linguatronic (SBS)

K33

Controlador do telefone celular (interface)

K34

Ampliador de um som

K35

Cambista de CD

Não todos mostram-se

A2

O rádio-receptor ou a rádio gravam o registrador

A2/6

Cambista de CD

A40/3

Exposição e unidade de controle de funcionamento do sistema COMAND

A2/13

Ampliador de um som

A35/11

Unidade de controle de sistema de controle ativado pela voz

A59/1

Os D2B inter-relacionam para o telefone de mobile/built-in

A35

Transceptor do telefone celular (CTEL) / sistema de uma chamada de emergência de AJUDA de TELE

A35/8

Unidade de controle de AJUDA de TELE

A, B, C

Conexões

M1

Fio ótico pela fibra 1

M2

Fio ótico pela fibra 2

M3

Fio ótico pela fibra 3

M4

Fio ótico pela fibra 4

M5

Fio ótico pela fibra 5

M6

Fio ótico pela fibra 6

M7

Fio ótico pela fibra 7

ws

Inserção branca

rt

Inserção vermelha